sexta-feira, dezembro 05, 2014



AMIZADE

Não há prazer mais profundo
Que um rio sentindo a foz
Abrir asas, correr mundo
E ter quem goste de nós

Relva, 2014-12-05
Aníbal Raposo

2 comentários: