segunda-feira, janeiro 18, 2021


 











FÁBULA DOS CAMELOS SORTIDOS
Há camelos muito espertos,
Mesmo fora dos desertos,
Grandes, contudo velados
A olhares pouco educados.
Que lançam pontes suspensas,
Feitas de ideias e crenças,
Por onde seguem, sem norte,
Camelos de menor porte.
À frente e em cima dos cujos
Vão ovelhas e sabujos.
Caminham, com ar propício,
Alegres p'ro precipício.

Aníbal Raposo


Sem comentários:

Enviar um comentário