domingo, julho 17, 2016


















SER ILHÉU

Ser ilhéu é viver só
No meio de muita gente
De nós ninguém tenha dó
Temos o mar pela frente…
É viver a liberdade
Em constante despedida
Já ter no lenço a Saudade
Antes de vir a partida
Saber cantar a folia
Saber benzer o quebranto
E dar vivas de alegria
Nas Festas do Espírito Santo
Também descer às fajãs
Beber da noite o luar
Apreciar as manhãs
E ouvir os búzios do mar
Não ter certezas nenhumas
Numa terra em convulsões
Acordar por entre as brumas
E adormecer nos vulcões
Seja qual for o momento
Ter calma, sermos serenos
Olhar bem o firmamento
E ver que somos pequenos
É pôr o sonho na mira
Estar em paz, mesmo na guerra
Saber tanger uma Lira
Numa viola da terra

Aníbal Raposo
2012-08-27

sexta-feira, julho 08, 2016











EU GOSTO DE ANDAR POR CÁ
Não há maior emoção
Do que amar e ser amado
Amigos do coração
Saúde e muito obrigado.
Já descanso no meu ninho
Deram-me alta, já está.
Só pelo vosso carinho
Vale a pena andar por cá.
E ganha sabedoria
Quem esteve do outro lado
Sabe bem que cada dia
Deve ser aproveitado.

Relva, 2016-07-08
Aníbal Raposo

sábado, julho 02, 2016


















TEMPO INSTÁVEL

Gosto de acordar assim
com tempo instável:
Uma chuva de beijos brotando dos teus lábios;
Um sol radioso a sorrir na tua face.

Relva, 2016-07-02
Aníbal Raposo