sábado, fevereiro 27, 2016








SOU EU
Aguardo
ansiosamente
pela iminente chegada
dos verdadeiros donos
da fajã.
Já arrumei a casa a alguns.
Obrigações de quem sente
usar o sítio por empréstimo...
Bem sei que para vós,
irmãos alados,
ovo sumido
é ano perdido.
Quem é? Quem é?
Quem é?
Este é um mantra
que deleita os meus ouvidos
desde que sou gente.
Bem-vindos
pois, de novo.
À vossa
e minha casa.

Relva, 2018-02-27
Aníbal Raposo
(Foto de Jorge Blayer Góis)

sexta-feira, fevereiro 26, 2016
















PONTÍFICE

A cada visita guiada
a medonhos precipícios
entre o presente e o futuro,
imagino pontes.

E rio muito
ao riscá-las,
esbeltas e firmes,
enlaçando as margens.

Relva, 2016-02-27
Aníbal Raposo

quarta-feira, fevereiro 10, 2016























DO ALVO
Podem não acreditar
Mas tenho de vos dizer:
É mais fácil criticar
Que fazer acontecer.
Perante todos assumo:
Não há maior alegria
Que manter na vida um rumo.
Levar a carta a Garcia.

Relva, 2016-02-10
Aníbal Raposo