segunda-feira, setembro 29, 2014























PENSAMENTO

Não te deslumbres,
em demasia,
com estradas de oiro.

No fim encontrarás,
inevitavelmente,
a negra escuridão.

Rocha da Relva, 2014-09-28
Aníbal Raposo

quinta-feira, setembro 25, 2014



















SOMBRA

Olha está-me a apetecer
Tomar banhos de alecrim
Libertar-me do meu ser
Viver a sombra de mim.

Lisboa, 2014-09-25
Aníbal Raposo

sexta-feira, setembro 12, 2014



















DIA DE AZAR

De que me serve carpir
a parca sorte
quando sobre mim desaba
o mundo inteiro?

Vou é vestir-me de risos,
assobiar ventos do norte.
Viver cada segundo
como se fosse o derradeiro.

Relva, 2014-09-12
Aníbal Raposo

Em dia de cancelamento de concerto por motivos metereológicos

sábado, setembro 06, 2014



















JOGOS DE LUZ

E tu que queres?

Há sítios de luz,
e zonas mais discretas.

Mulheres,
relógios
e espirais do tempo
onde poisam borboletas.

Relva, 2014-09-06
Aníbal Raposo 


Foto de Patrick Gonzales
in "A Lifetime Photography"