sexta-feira, novembro 11, 2016














SEDE DE APRENDER

Sempre que ouço um: não sei, explica-me,
mergulho nos olhos de quem o diz e penso:
- na singeleza, condição dos sábios;
- no azul intenso do mar oceano de aprender.

Relva, 2016-11-11
Aníbal Raposo

terça-feira, novembro 01, 2016




















1 DE NOVEMBRO

Em caso de desaparecimento
Procurem por mim
Na confluência
Da luz.

Aníbal Raposo
2016-11-01











RITUAIS

Deitei flores na campa
dos que se afastaram,
como vi fazer.

Depois tive a graça
de abraçar os vivos.
Resta agradecer.

Relva, 2016-11-01
Aníbal Raposo