sábado, outubro 29, 2005



FASES DA LUA

Lua nova escuridão
Faz maré de caranguejos
Ninguém sequer adivinha
Que já te cobri de beijos

Que já te cobri de beijos
Ninguém sabe não senhor
Que ao escuro da lua nova
Eu já tive o teu amor

Inda era lua nova
Inda o amor estava quente
Quando ele amadureceu
Já era quarto-crescente

Era já quarto-crescente
E o amor amadureceu
Querendo imitar a lua
Tinha fermento cresceu

Lua cheia, lua cheia
Redonda nem pão de milho
Quem diria lua cheia
Que à tua luz fiz um filho

Que à tua luz fiz um filho
Confesso nunca pensei
Que a essa luz prateada
Pudesse amar como amei

Pudesse amar como amei
(Durou o amor bastante...)
Quando a coisa arrefeceu
Já era quarto-minguante

Era já quarto-minguante
Quando morreu, foi à cova
Mas já tenho novo amor
Que amanha é lua nova


Aníbal Raposo

4 comentários:

  1. I read over your blog, and i found it inquisitive, you may find My Blog interesting. My blog is just about my day to day life, as a park ranger. So please Click Here To Read My Blog

    ResponderEliminar
  2. I read over your blog, and i found it inquisitive, you may find My Blog interesting. So please Click Here To Read My Blog

    http://pennystockinvestment.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. :) Palavras com en(canto)!

    *

    ResponderEliminar