quarta-feira, agosto 10, 2016




DA TUA GÉNESE

Pedi a Deus a mercê de te criar
Pouco exigi e obtive o impossível.
Bem que podias ser terra, mas és mar.
Não mudes! Gosto de ti imprevisível.

Relva, 2016-08-10
Aníbal Raposo

1 comentário:

Graça Pires disse...

Um abraço.

Gosto de te reinventar em cada esquina do meu pensamento. De te pintar com as cores da tua luz. A que os prismas da ...