terça-feira, fevereiro 04, 2014























CERCOS

A cada dia
Lançam novas redes
E contam com a nossa distração
Para nelas nos prendermos
Até à asfixia.

Tempos depois
Voltam de novo
E apanham-nos facilmente.

Exaustos,
À mão de semear.

Relva, 2014-02-04
Aníbal Raposo

Sem comentários: