quarta-feira, outubro 10, 2012


















VIOLINO

Vibram cordas mágicas
Na pressão do arco
E os sons desaguam
Num mar de alvoroços

Esvoaçam pombas
À volta do músico
Absorvem felizes
A paz do momento

Conjunção
Perfeita

Poesia
Rara

Aníbal Raposo
2012-10-09

Sem comentários: