quinta-feira, março 31, 2016














DA POESIA
Ser poeta
é enxergar horizontes de emoção
tendo pela frente sobranceiros muros de indiferença.
Relva, 2016-03-31
Aníbal Raposo

Sem comentários:

Enviar um comentário