segunda-feira, janeiro 31, 2011



MINHA METADE

Meu lindo bem-querer
Rosa do meu jardim
Não canso de dizer
O que és p'ra mim:

Minha mulher
Singelo encanto
Minha alma-irmã
És meu farol
Raio de sol
Luz da manhã

Minha empatia
Sabedoria
Sem ter idade
Minha poesia
Minha alegria
Minha metade

Minha água clara
Pedra tão rara
Meu talismã
Rima e compasso
Meu terno amasso
Minha maçã

Minha pepita
Coisa bonita
Cheirosa flor
Minha certeza
Minha riqueza
Meu doce amor

Aníbal Raposo
Ponta Delgada, 2011-01-31

21 comentários:

  1. Letra de hoje para música feita no passado fim-de-semana. Adoro quando a inspiração me apanha a trabalhar...

    ResponderEliminar
  2. Uma doce cantiga de amor.
    Deve ter ficado ainda mais bonita com a música.

    bj

    ResponderEliminar
  3. Ia escrever precisamente que parecia a letra de uma canção pelo ritmo, rima e graça, quando li aqui ao lado a seu comentário...
    Que a inspiração o surpreenda sempre enquanto trabalha.

    Aníbal, (o nome do meu pai)
    Deixo um beijo

    ResponderEliminar
  4. Imagino o quanto a sua cara metade deve estar feliz com esta cantiga de amor.

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  5. Cantigas de amor quem as não tem? Como as cartas, né? Obrigado pela visita lá no meu blog. Um abraço.

    ResponderEliminar
  6. Aníbal

    é importante um farol mas um Amigo ´muito mais

    Um beijo

    LInDA A TUA Canção de Amor
    Bela inspiração...POETA.

    ResponderEliminar
  7. É realmente um poema para cantar, ou para dizer à maneira das cantigas de amor da poesia trovadoresca. Gostei. Um beijo.

    ResponderEliminar
  8. Gosto muito quando cantam as mulheres...Nos dois sentidos da palavra. Abraço

    ResponderEliminar
  9. Aníbal, como já tive oportunidade de te dizer no Facebook, venha o CD e depressa, que do embalo das palavras sabes tu como ninguém. E a gente agradece. Abraço

    ResponderEliminar
  10. Caro amigo

    Passei para visitar
    seu espaço de sentimentos
    e agradecer a visita feita
    ao jardim das minhas palavras.

    Quantas palavras e sentimentos
    encontramos
    nestas canções/poemas/inspirações
    que encontramos aqui.

    Voltarei outras vezes.

    Que as cores da alegria
    estejam sempre em tua vida.

    ResponderEliminar
  11. Hoje gravei a guitarra e a voz guia. Acho que ficou bem.

    ResponderEliminar
  12. Muito amável

    o seu poema!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  13. Amanhã o Ernesto Bica dos Ronda da Madrugada vai gravar o acordeão na música. Estou morto por ver o resultado...

    ResponderEliminar
  14. e foi uma boa inspiração, a letra esta muito bonita
    Bj

    ResponderEliminar
  15. Belo poema.
    Para uma bela cantiga, por certo.
    Caro amigo, boa semana.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  16. Olá me caro,


    doces e romãnticos versos... Grata pelo carnho lá o meu cantinho. Grande abraço.

    Úrsula

    ResponderEliminar
  17. Mais que poema é uma maravilhosa declaração de amor!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  18. E eu fiquei encantado com o encandt do poema a ser musicado.
    Abraço. Gostei mesmo.

    ResponderEliminar
  19. O acordeão do Ernesto Bica ficou muito bem. Vai seguir-se o contrabaixo pelo amigo Mike Ross (um grande músico americano que se radicou entre nós.

    ResponderEliminar