sábado, maio 18, 2013













LUA

levanta-te astro louco,
musa minha irmã,
tecedeira de quimeras
e risca atalhos de prata  
no mar de azeite
da minha fajã.

Aníbal Raposo
Relva,2013-05-18

Sem comentários: