domingo, janeiro 12, 2014



















CAÇADORES DE SONHOS

Não afundemos na desesperança
Dos mares do medo, negros, tão medonhos,
Corramos lestos perseguindo a esperança
Alucinados caçadores de sonhos.

Relva, 2014-01-12
Aníbal Raposo

Sem comentários:

Gosto de te reinventar em cada esquina do meu pensamento. De te pintar com as cores da tua luz. A que os prismas da ...