terça-feira, dezembro 23, 2014


















EXISTÊNCIA

Há muito para ser pensado
Ao olhar um mar estanhado
E uma cadeira vazia.

Basta soltar os sentidos,
Abrir os nossos ouvidos
E atentar na magia:

Dos mil matizes das cores,
Do perfume que há nas flores,
Do despontar da poesia,

Do milagre da existência,
Do dom de ter consciência,
Da bênção do dia a dia.


Relva, 2014-12-23
Aníbal Raposo

Sem comentários: