sábado, dezembro 20, 2014


TOCATA E FUGA

Quando vejo a ignorância
A fluir de lés-a-lés
Fico aflito, numa ânsia,
Fujo logo a sete pés.
Se vislumbro o preconceito
Na boca dum ser mesquinho
Eh rapaz, pego direito,
Raspo-me num instantinho
Meias-verdades, boatos?
Caio em atroz desespero
Dou logo corda aos sapatos
Pernas para que vos quero
Paleio de demagogo?
Cavo dali para fora
Dou às de Vila Diogo
Pego em mim e vou-me embora


Relva, 2014-12-20
Aníbal Raposo

Sem comentários: