domingo, dezembro 28, 2008



O TÚNEL DE LUZ

(dedicado ao meu amigo Fernando Loura)

o quarto
a penumbra
a alva colcha
a cama.

o rosto magro
de cera
agonizando
sem medo.

a angústia
estampada
na cara
dos que esperam.

o respirar
pausado
forçado
sibilante

o silvo
forçado
descompassado
o respirar.

subitamente
a pausa...

o desfecho
agora?

de novo
o silvo
forçado
pausado
o respirar
telúrico
ofegante

outra vez
a espera...

a noite 
imensa
eterna
sem sono

a resignação
há muito
substituiu
o desespero.

a atenção
ao respirar
a pausa
de novo

agora?

segundos-horas...

por fim
o túnel
a luz
a paz.

a lágrima 
derradeira
salgada
lambida
na face
dos que
ficaram.

o início
continuação
da saudade.

Aníbal Raposo
2008-12-28

16 comentários:

  1. Caro Anibal,
    linda e profunda dedicatória!

    Desejos de continuação de Festas Felizes.

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Querido Aníbal, bela homenagem... Sentida... Desejo-te o melhor!!!
    Um abraço de carinho,
    Fernandinha

    ResponderEliminar
  4. Amigo Aníbal, obrigado pela visita. Sempre que puderes será um prazer servir um cafezinho brasileiro...
    Abraço, Zé Carlos

    ResponderEliminar
  5. Bela homenagem.
    Obrigado por se tornar um seguidor do meu blog.
    Feliz 2009 com muita luz,paz,amor,e muita saúde.

    bjs.

    ResponderEliminar
  6. Tão bela homenagem ao teu Amigo. E...à saudade que fica em nós. Beijos.

    ResponderEliminar
  7. "A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma benção de Deus".

    " UM FELIZ ANO DE 2009 "

    ResponderEliminar
  8. Votos de um 2009 cheio de musica e palavras que seja um anp de sonhos realizados
    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Poema muito sofrido, próprio da amizade!
    Abraço

    ResponderEliminar
  10. Profunda dedicatória a alguém de que nos vai deixar eterna saudade.

    Sublime!

    Vim desejar um BOM ANO DE 2OO9, replecto de Saúde,Paz e Hamonia.

    Beijo da Maria

    ResponderEliminar
  11. Conduzistes o tema com a precisão de mestre!
    A poesia está impregnada em você.
    Beijos e o desejo de um 2009 cheio de luz e paz, para ti e os teus.

    Meu carinho, sempre.

    Glória

    ResponderEliminar
  12. Obrigado a todos pelos comentários ao poema que dediquei ao meu amigo Fernando Loura. Há já uns anos acompanhei-o nos últimos dias até ao túnel da luz. O poema descreve a ultima noite. Só agora tive coragem de escrever este texto.
    Bom Ano de 2009.

    ResponderEliminar
  13. Desejo que no Ano Novo que se inicia você realmente…
    Ouça as palavras que sempre desejou ouvir .
    Pronuncie as frases que um dia desejou repetir.
    Sinta a emoção que sempre esperou sentir.
    Caminhe pelos trilhos que um dia desejou seguir.
    Divida o carinho com quem sempre desejou repartir.
    Abrace todos os amigos que sempre desejou reunir,
    Que Deus lhes abençoe mais e mais...
    Que só rolem lágrimas de amor e felicidade em sua face...
    FELIZ 2009

    ResponderEliminar
  14. A angústia da espera se traduz na seqüência ritmada da tua poesia... É como uma conversa entre a resignação e o desespero, a esperança e a despedida. A morte é tudo isso. E é coragem de seguir em frente, reconstruindo os sonhos; ou talvez seja a covardia de ficar simplesmente esperando a vez de entrar nesse túnel desconhecido...

    Linda a sua poesia!
    Visite meus blogs...
    Márcia

    ResponderEliminar