sexta-feira, dezembro 16, 2011










PIROMANIA

Hoje percorremos a ilha
Acendendo sorrisos
Em rostos cinzentos, marginais.

É urgente atear fogos
Nas florestas da indiferença.

Ponta Delgada, 2011-12-16

9 comentários:

Vieira Calado disse...

Ah, se todos o fizéssemos!

* Obrigado pelo seu comentário no meu blog.

Aproveito para lhe desejar uma óptima Quadra Natalícia.

Forte abraço

Nilson Barcelli disse...

Belíssimo poema.
Gostei.
Caro amigo, desejo que tenhas um Bom Natal e um ano de 2012 muito feliz, extensível aos que te são mais queridos.
Abraço.

Aníbal Raposo disse...

Obrigado aos amigos Vieira Calado e Nilson Barcelli.
Bom Natal a ambos.
Abraço

Paula Barros disse...

O sorriso acende vidas.

Que lindo imaginar a cena que o seu poema me traz.

Obrigada pela visita. abraço.

GarçaReal disse...

Muito bem escrito...Gostei imenso

Desejo um Feliz Natal e que o Ano Ano seja repleto de realizção.

Boas Festas

Bjgrande do Lago

Ana disse...

É urgente! Saber dizê-lo assim também !
Beijo *

Ana disse...

É urgente! Saber dizê-lo assim também !
Beijo *

Liza Leal disse...

Olá Anibal!
Vi q temos coisas em comum:
Música e poesia.
Grata pelo coment.
Seja sempre bem vindo ao DRINK!

ABÇ
=)

:.tossan® disse...

Feliz Natal a você e toda a sua família é um desejo meu e do mar. Abraço