quarta-feira, fevereiro 01, 2012

AMIZADE

Ah como é bom termos um fiel amigo
Mesmo que ele não more junto à nossa porta.
Ir à bola juntos, que é vício antigo,
Zangarmo-nos, também, porque amigo importa.
Ampararmo-nos ambos se cheiramos perigo.
Dar-lhe o nosso tempo, partilhar as águas,
E um ombro enorme para chorar as mágoas.

Aníbal Raposo
Ponta Delgada, 2012-02-01

1 comentário:

Pedrasnuas disse...

Gostei desse conceito de amigo!!!:)