segunda-feira, dezembro 23, 2013
















NATAL

Por mim, tenho esta crença:
Continuas a nascer todos os dias
Nas esquinas ignoradas 
Da indiferença.

Relva, 2013-12-23
Aníbal Raposo

1 comentário:

Graça Pires disse...

Uma verdade cruel, amigo. Uma chamada de atenção para pensarmos nisso... Obrigada.
Um abraço