ESBAT

Querem-me aqui?

Prendam-me bem que me sorvem luas cheias.
Atem-me pesos de chumbo nestes pés gajeiros.

Senão, vou-me nos ventos.
Nos mesmos que incham
Os panos dos veleiros.


Relva, 2015-01-02
Aníbal Raposo

Comentários

Graça Pires disse…
O fascínio de voar...
Beijo e Bom Ano, Amigo.

Mensagens populares deste blogue