sexta-feira, fevereiro 27, 2009



EM CADA VERSO

Em cada verso vou cantar-te, amor.
No teu compasso as notas certas planto.  
Bebo-te os lábios, doces, de licor.
Vamos lavrar os dois um mar de espanto.

Ponta Delgada, 2009-02-26
Aníbal Raposo

35 comentários:

  1. Caro Aníbal, que doçura... "Em cada verso vou cantar-te amor..."
    Lindíssimo!

    Beijinhos e bom fim de semana,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  2. Terno poema que tem o suave embevecimento de uma canção em andamento.

    Fraterno abraço de Gilbamar.

    ResponderEliminar
  3. ola
    passei por aqui para desejar bom fim de semana
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. simplesmente lindo!
    tem uma leveza tamanha que dá até vontade de flutuar... hehe!
    abraço e vc tem muito talento viu!

    ResponderEliminar
  5. Lindo!!
    Como em tão poucas palavras e com tão bela forma se consegue dizer tudo!

    Beijinhos
    São

    ResponderEliminar
  6. Eis que encontro aqui um lindo verso de amor, ritmado como o coração.
    abraço

    ResponderEliminar
  7. "No mar nasceu a poesia"...
    No mar nasce uma vida...
    No mar nasce o Amor...
    Parabéns pelos poemas. São lindíssimos.
    Bom fim-de-semana.
    Odete

    ResponderEliminar
  8. QUERIDO ANIBAL, QUANTA DOÇURA NAS TUAS PALAVRAS AMIGO!!!
    UM BOM FIM DE SEMANA E UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO,
    FERNANDINHA

    ResponderEliminar
  9. Aníbal

    E assim fez soltar notas musicais tão afinadas no amor...


    Beijinho

    MV

    ResponderEliminar
  10. Terno...terno!!!!

    Em cada verso
    o canto
    em cada sílaba
    encanto...!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Um poema doce, suave, como deve ser o amor.
    Beijo e um bom final de semana.

    ResponderEliminar
  12. amor cantado em petalas de flor

    vou levar o selinho comigo obrigada
    Bj

    ResponderEliminar
  13. Uma promessa que cumpres ... cantar o amor em cada verso.Gostei.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  14. belos poemas.
    Ando por aqui apreciando os poemas dos portugueses.
    Amei seu poema.

    ResponderEliminar
  15. É muito bom cantar o amor..
    lindo domingo
    um abraço

    ResponderEliminar
  16. Venho-te convidar a fazeres parte de um grupo que considero interessante, visita o blogue: http://portaria-59.blogspot.com/
    Beijos da Alexix

    ResponderEliminar
  17. Excepcional e belo.

    Parabéns!

    Seja bem-vindo à Rede Brasil Poesias, meu caro Poeta.

    Thanks 4 add

    Um abraço.

    Lustato

    Comentário enviado por Lustato Tenterrara, para o poema Em Cada Verso, de Anibal Raposo

    PS.: Teu poema fêz-me lembrar um jargão e uma história:

    O jargão: "nos menores frascos, os melhores perfumes"...

    A história: A mensagem-resposta mais espetacular e curta da história das civilizações:

    "Se!",

    enviada pelos magistrados da Lacônia, em resposta a Felipe - O Grande, face o envio de um 'MSN', onde dizia: "Se eu invadir a Lacônia, reduzirei Esparta a pó!"...

    Estava querendo mesmo uma resposta à altura...

    Se!, foi mesmo uma 'grande' resposta.

    Abraço.

    Lustato

    ResponderEliminar
  18. "Lavrar um mar de espanto"
    Um belo caminho para o amor, neste singelo e bonito poema.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  19. Um poema coberto de harmonia, enaltecendo o amor com muita sensibilidade.

    Afetuoso abraço!

    ResponderEliminar
  20. Aníbal

    Deixei na apela do meu blogue o Prémio Dardos para si.
    As regras são:
    1-Exiba a imagem do prémio
    2-Poste o link do blogue pelo qual recebeu o prémio
    3-Escolha 15 blogues para entregar o prémio

    Beijinho

    MV

    ResponderEliminar
  21. Que afetuoso quarteto!
    Agradeço a visita.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  22. Poema simples, muito terno e doce. Gosto.
    Abraço.
    EA

    ResponderEliminar
  23. ...e de certeza que é um gosto de A...mar :)

    Gostei de chegar até aqui..e gostei tambem da sua paragem no parapeito...
    Brisas doces e mansas***

    ResponderEliminar
  24. hummmmmmmmmm gostei demais... parabéns.. vim conhecer seu blog... espero que me visite assim que puder.. beijos carinhososss e uma linda noite

    ResponderEliminar
  25. Acredito que toda a terra tem uma beleza ainda mais especial quando vista pelos olhos de uma irmão em romaria. Muito obrigado pelo seu comentário!

    Poema simplesmente enternecedor * abraço

    ResponderEliminar
  26. uma quadra bem rimada e muito ternurenta.

    beij

    ResponderEliminar
  27. Hoje decidi visitar todos os blogs que acompanho.
    E é com imenso carinho que
    venho lhe desejar um belo final de semana

    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar
  28. muito doce, muito bonito! voltarei a visitar teu blog!
    bjinho

    ResponderEliminar
  29. Vim deixar meus votos de um ótimo final de semana, e aproveitar, é claro, para mais uma excelente leitura.
    um abraço

    ResponderEliminar
  30. Que imagem linda em sintonia com as palavras. *

    ResponderEliminar
  31. Aníbal,

    Claros, simples e lindos versos.

    Uma canção que ´nem precisa de melodia pra ser ouvida pelo coração de quem lê.

    Belíssimo!

    Boa semana!

    Milla

    ResponderEliminar
  32. que agridoce harmonia.
    gostei muito deste poema

    ResponderEliminar