sexta-feira, fevereiro 13, 2009



AMANHÃ NÃO TE DAREI FLORES

Amanhã,
por ser banal,
não te darei flores.

Convidar-te-ei, tão somente,
para um lugar tranquilo à beira-mar
e dar-te-ei um longo e húmido beijo.

Em seguida,
far-te-ei erguer comigo
uma taça de bom vinho
e brindarei à rosa das rosas,

à mais delicada que conheço:
tu, meu amor. 

Ponta Delgada, 2009-02-13
Aníbal Raposo

27 comentários:

Ana Martins disse...

Caro Aníbal,
E que assim seja!!!!!!!!!!!!
Muito lindo, beijinhos,
Ana Martins

Fenix disse...

Que Lindo!!!

Mesmo, mesmo bonito!
Que bom que é ser alvo dessas atenções!

Abraço

Paula Raposo disse...

Nem mais!! Amanhã...porque é banal. Beijos.

Servais disse...

Li a sua poesia e achei-a lindissima.
http://poesiaservaistiago.blogs.sapo.pt/

Sonia Schmorantz disse...

Com tudo isso, nem precisa flores mesmo...muito bonito o poema
um abraço e bom final de semana

Sônia Brandão disse...

Um poema lindo, doce.
Abraços.

Domenico Condito disse...

Olá,
Passei para avisar que tem um prémio no blog “Utopie calabresi” - http://utopiecalabresi.blogspot.com/
Parabéns!

utopia das palavras disse...

Porque assim deve ser...
porque o amanhã é banal
porque hoje...!

Terno e doce o teu poema!

Beijos

ellen disse...

Bonito :)
Uma braço

ellen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Delírios das Borboletas disse...

Belo e apaixonado.
lindo poema, parabéns.

Conceição Duarte disse...

"e brindarei as rosas das rosas" Qual mulher não se encantaria com uma frase destas? Muito lindo!
Feliz semana! Um beijo, CON

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Ah! Tempo!
Nunca quis voltar em ti.
Apenas espero que me devolvas
os sentimentos que vivi.
Não deixes que meu sorriso
se perca pelo cansaço
e que minha voz
se cale por um fracasso.
Não deixes que meus caminhos
se desviem da meta
nem que os percalços
sejam maiores que minha força
para que eu siga esta reta.

Passei neste lindo espaço para te desejar uma linda semana
Abraços

Nilda Martha disse...

¡Cuantas cosas se pueden decir con tan pocas palabras,bellisimo poema!!Hasta pronto!!

Branca disse...

Apaixonante...


Passando pra te desejar uma ótima semana,

bjos!

Vieira Calado disse...

Um bom vinho torna tudo mais luminoso!

Cumprimentos

manzas disse...

Como sempre, bela poesia!
Entrar aqui, na tamanha beleza
Numa pagina que fermenta harmonia…
É sonhar acordado e voar na leveza
De poetizar tudo… porque tudo é poesia

Uma semana unida de amor, paz e alegria…

O eterno abraço…

-MANZAS-

Efigênia Coutinho disse...

Aqui encontrei boa poesia, você está de PARABÉNS, é gratificante passar neste espaço dedicado a literatura, meus cumprimentos, com admiração,
Efigênia Coutinho
ps: este é o meu espaço poético:
http://poesiasefigeniacoutinho.blogspot.com/

Fa menor disse...

Isto sim é poesia de vida!

Gostei!

Mar Arável disse...

Recomendo um tinto Alentejano

ou um branco do Pico

Mar não vos falta

e desgrenhado

Emanuel Azevedo disse...

Olá Aníbal, vim aqui parar por mero acaso. Mas quero felicitar-te pelo teu blog e pela tua veia poética. Os meus parabéns e um abraço da Ilha Terceira.

Tétis disse...

Maravilhoso!... Adorei este poema.

Lindo, suave, carinhoso em toda a sua belíssima simplicidade.

A parte final é o culminar de tudo, de toda a delicadeza da rosa feita amor...

Um abraço

LOURO disse...

Amigo Anibal!

Lindo poema,um hino ao Amor!!!
Vamos erguer a taça num brinde á rosa das rosas...

Abraço

Lourenço

João Paz Teixeira disse...

Caro Anibal

Não quero deixar de te felicitar pelo blog e pela belissima poesia.

Um abraço

http:\\emocoespoesia.blog.pt

manzas disse...

O mundo adormece na cama do céu
Enquanto permaneço acordado no teu roseiral…
Vigilante no teu galante corpo, rosa sem véu
Batem janelas inquietas, pétalas em temporal

Neste momento,
Desejo
Um bom fim-de-semana
Materializado em harmonia
Com muita alegria…
Um excelente CARNAVAL
Com muito divertimento
Desmascarando amor
Com paz,
Cheio de muita folia…

O eterno abraço…

-MANZAS-

Multiolhares disse...

linda essa escolha
que brindem então
bj

Carlos Barros disse...

Anibal,
Bem apropriado ao momento e a tantos outros.
.
Abraços!

Gosto de te reinventar em cada esquina do meu pensamento. De te pintar com as cores da tua luz. A que os prismas da ...